"A Casa Sobre A Rocha" (Mt5:24).

“O Amor é a Lei de Deus. Viveis para que aprendais a amar. Amais para que aprendais a viver. Nenhuma outra lição é exigida do homem.” (O Livro De Mirdad)

Uma Única Mente – Parte 6 de 20 – David Hoffmeister

Posted by José Eduardo Glaeser em 25/10/2010

UMA ÚNICA MENTE
Diálogos com David na Argentina – Parte 6

Q: Há uma seção no Curso que diz, “Eu não preciso fazer nada.” Parece uma contradição com todo o estudo requerido pelo Curso.

D: Sim, nossa amiga Kerri pegou o “Eu não preciso fazer nada” como seu caminho. Ela fez as primeiras 50 lições, descobriu esta seção no texto e fechou o livro! (Gargalhadas) Realmente parece uma contradição, mas a meta do Curso é chegar ao silêncio. O texto e o livro de exercícios ajuda remover os obstáculos ao silêncio do presente momento. Se a sua mente já está preparada para entrar no divino silêncio, você não precisa de Um Curso Em Milagres. A seção “Eu não preciso fazer nada” te dá uma trilha rápida – se você está disposto a tomá-la. Você dá permissão à mente para descansar na quietude e esquecer o corpo. Naquela seção ele diz, “Em nenhum instante o corpo existe de forma alguma.” Ele é sempre lembrado ou antecipado. Somente a luz é o momento presente, e o Livro de Exercícios é designado a levar a sua mente por baixo das nuvens do ego até a luz interior.

Estou em casa, estou em casa na luz.
Estou em casa, no EU SOU de Cristo,
Braços amorosos gentilmente me afagando
E me embalando na paz.
(da Música de Cristo “I Am Home”)

P: É difícil acreditar que algo tão perfeito como o corpo humano não é criado por Deus.

D: Se você der uma olhada honesta no corpo humano, sua percepção da perfeição pode mudar! Parece nascer, mas então parece morrer. Parece trazer muitos prazeres, mas também parece trazer muitas dores. O ego odeia o corpo. Ele acredita que ele merece um lar melhor. O ego não conhece o céu, e o corpo foi feito como um lar substituto. Ele tenta vesti-lo e fazer com que seja bonito, como passar batom num esqueleto. (Gargalhadas) Porém para o Espírito Santo, o corpo é neutro. Não é nem bonito nem feio. Ele não é nem bom nem ruim. É um símbolo, assim como uma árvore ou um carro ou um lápis. Para o Espírito Santo, o corpo é um instrumento de aprendizado. O corpo te ajuda a desaprender o senso de orgulho, de exclusividade, de individualidade. O ego parece ser insultado em cada curva da jornada espiritual. Então, voltando para a questão original, de que o que é eterno é perfeito. Deus é perfeito. Cristo é perfeito e criação que é espírito, é perfeito. O corpo, o sol, as estrelas, os planetas, até os buracos negros, parecem ter um início e eles parecerão ter um fim. Neste sentido nada na forma e nada no tempo e espaço é perfeito porque não irá durar.

No espelho, o que eu vejo: Este corpo é realmente o eu? Um rosto, uma forma, olhos e orelhas, e mãos e pés, suspiros e lágrimas? A vida é um tempo que é doce e breve? Estou condenado à morte e o pesar?

Então uma Voz que é suave e gentil deixa Sua marca na minha mente:
Você é mais. Você é mais. Você é mais.
Minha criança, você é mais, muito mais. Você é mais.
(da Música de Cristo “You Are More”)

P: Se tudo era tão perfeito, como a separação poderia ter ocorrido?

D: Você fez a pergunta número um que eu me pergunto à medida que viajo. Na seção de Esclarecimento de Termos, Jesus discorre sobre esta questão. Jesus diz que existem muitas questões que o ego irá perguntar: Como a separação ocorreu? Para quem a separação ocorreu? E muitas outras formas. Não há uma resposta, somente uma experiência. Há uma experiência que virá que acabará com toda a dúvida. Quando você faz a pergunta, “Como a separação ocorreu?” Você tem uma suposição inconsciente ou uma crença de que a separação de fato ocorreu. É isso que você deve questionar porque a separação nunca é compreensível. A Expiação é a consciência de que a separação nunca ocorreu. Esta é a sua única responsabilidade, aceitar a Expiação ou a correção. Você não é responsável pelo erro. Você não precisa analisar ou decifrar o erro. Você só precisa aceitar a correção. Isso envolve não tentar projetar a responsabilidade pelo ego. Então, quando a raiva emerge, e o medo e a culpa, e o ego diz: ‘Livre-se disso; coloque isso sobre o seu irmão e irmã; não ouça aquela voz.’ Veja isso como seu próprio pensamento e rapidamente entregue-o ao Espírito Santo. Rapidamente! Uma vez que você o entregou ao Espírito Santo, ele já se foi. É a tentativa de protegê-lo e ocultá-lo do Espírito Santo que o mantém na sua consciência.

Destranque a porta e escancare-a.
Veja com o Espírito que não há nada a esconder.
Exponha à verdade todas as coisas que você teme.
Toda vez que a luz entra, a escuridão desaparece.
(da Música de Cristo “Pull Up The Shades”)

P: O “rapidamente” parece difícil. Estamos tão acostumados a carregar a culpa e o medo. Esse período de carregar a carga vai ficar mais curto à medida que praticamos?

D: Sim, vamos discorrer sobre isso cuidadosamente, a idéia de se agarrar à culpa, apegar-se a ela bem intimamente. A mente que acredita no ego é atraída à culpa porque o ego é culpa. Existem aspectos da mente que o ego não quer que entrem na consciência, senão o jogo termina. É por isso que eu encorajo tantas perguntas. O ego não quer que certas questões nem mesmo sejam levantadas, pois a resposta será evidente assim que a pergunta é feita. Fazer perguntas foi o meu caminho para Deus. Eu não tive muito apoio para isso no mundo, mas Jesus diz que para aprender este Curso é necessário disposição para questionar cada valor que você mantém. Nenhum pode ser mantido oculto, ou isso irá obscurecer o seu aprendizado. Então vamos olhar para o exemplo disso. Deus é pura unicidade. O ego é a crença em opostos. O ego acredita que há um oposto ao amor. É por isso que este é um mundo de dualidade e opostos. O mundo reflete a crença do ego. O ego ensina à mente adormecida que há uma diferença entre prazer e dor, e todos que caminham neste mundo acreditam que sabem a diferença entre prazer e dor.

O clima está quente demais e este lugar está frio demais.
Ele gosta de ravióli e jóias de ouro.
(da Música de Cristo “Person”)

Além disso, esta mente acredita que o prazer é para ser perseguido e a dor para ser evitada. Ela faz grandes esforços e gasta muita energia perseguindo o prazer e evitando a dor. Toda educação deste mundo é de algum modo baseado nesta premissa. Agora você enxerga o trabalho de persuasão que o Espírito Santo tem, convencer a sua mente que prazer e dor são a mesma coisa. Superficialmente isso parece loucura, mas Jesus nos dá o motivo pelo qual eles são o mesmo: O que serve um propósito comum é o mesmo. Prazer e dor, ambos reforçam a realidade do corpo e são uma negação do espírito. Este é um exemplo de uma idéia que o ego nunca quer que chegue a consciência, porque uma vez que você enxerga isso pelo que é, você verá que todo prazer real, a qual vou chamar de alegria, vem de fazer a vontade de Deus. É realmente muito simples. À medida que você experimenta mais milagres, a alegria do seu coração borbulha. Ela te atrai, ela te leva a vivenciar mais milagres! A alegria está vindo de dentro do seu próprio coração. Não está vindo por conseguir o emprego que você quer. Não está vindo por conseguir a alma gêmea que você quer. Não está vindo por mudar para as ilhas tropicais, e muitas, muitas ilusões mais. A alegria vem do seu propósito. Esta é a sua conexão direta com Deus. Ao ouvir o Espírito Santo, você vivenciará alegria. E a possibilidade de dor e prazer desvanece da sua consciência.

Sob Suas asas brilhando com a luz,
Ele sussurra meu nome. Ele me chama de Seu Cristo.
Aninhado em amor, embalado no êxtase,
Eu abandono o sonho. Eu só quero isso.
(da Música de Cristo “Under His Wings”)

A percepção é seletiva. Assim como você pode escolher ouvir alguém no meio de uma festa ou ouvir sua música favorita sendo tocada pela banda, ou concentrar no quanto o lugar está úmido, você pode dirigir a sua mente para o Espírito Santo. É assim que vem a alegria. Não há sacrifício! Os prazeres deste mundo são passageiros, transitórios. Se você olhar para isso honestamente, você verá que isso é assim. O prazer de uma comida deliciosa, uma cena agradável, o prazer de um orgasmo sexual – todos têm limites de tempo. Eles começam e eles param.

Eles não oferecem alegria duradoura. Não são realmente dádivas porque são oferendas do ego, e o ego te quer morto, que significa permanecer na amnésia do seu Ser Cristo. Então isso se relaciona com a sua questão sobre o porquê nos agarramos às coisas. Os julgamentos do mundo fazem com que algumas imagens sejam atrativas e a mente acredita que são valiosas e não quer deixá-las partir. Ela ainda está convencida que são reais e, portanto, valoriza os resultados que trarão as coisas que ela quer. São como “ouro de tolo”. Parecem muito bonitos, mas quando você os toca ou abraça, dissolvem-se, porque não duram.

Resta: Talvez eu possa ler as palavras de ‘Metaphysical G.A.S.’ e elas possam explicar isso.

D: Sim, maravilhoso.

Canção do Segredo do Sucesso Metafísico (da Música de Cristo “Metaphysical G.A.S.”):

“A dor exige atenção, afastando-a do [Espírito Santo] e focalizando-a em si própria. O seu propósito é o mesmo que o do prazer, pois ambos são meios de fazer com que o corpo seja real. O que compartilha um propósito comum é o mesmo.” UCEM

Desista do prazer; desista da dor.
Você pode não acreditar, mas eles são o mesmo.
Eles dizem que você é um corpo e a morte é a sua meta.
Você está despedaçado. Você nunca será íntegro.
Eles compartilham o mesmo propósito: atacando o Filho de Deus.
A dor e o prazer são um.

Desista das coisas ruins. Não busque pelo bom.
Não faça o que não deveria. Não faça o que não deveria.
Ilusões são irreais, não importa que tipo.
O mundo não oferece nada para satisfazer a mente.
As formas boas e as formas ruins são um.

Desista dos conceitos de menos e mais.
Você não pode ser rico; você não pode ser pobre.
Sua função é integridade. Você faz Deus completo.
Nenhum limite te restringe. Você é livre para sempre.
Eterna a união do Pai e Filho.
Os pensamentos ricos e os pensamentos pobres são um.

Não pode haver conflito entre eu e você
Quando sabemos que a Única Mente é tudo que é verdadeiro.
O ego nos ensinaria: defenda e ataque,
Que alguém roubou o poder que nos falta.
Mas nenhum sonho pode fragmentar o Amor do Filho de Deus
Que sempre e sempre é um.

Não há necessidade de cura num coração não ferido.
E nem necessidade de união para o que não pode se separar.
Está tudo em perspectiva, o modo que você vê.
Olhe com o Espírito para a realidade.
Você tem um Criador, e Ele tem um Filho,
Que sempre e sempre são Um.

(No final da tradução, o tradutor estava em lágrimas!)

D: À medida que você se aprofunda na sua vocação de trabalhador em milagres, você descobrirá que você é orientado para dar tudo gratuitamente. É assim que você se mantém na alegria, dando-a e estendendo-a. Isso a fortalece em sua consciência. Então, no início das minhas viagens recebi instruções que eu não deveria pedir por compensações, não “ter nenhum pensamento” sobre o que vestir ou comer, para viajar e compartilhar a mensagem da alegria e confiança que o Espírito Santo cuidaria de todos os detalhes. Este é o desfazer do conceito do ego sobre reciprocidade, do “Eu coço as suas costas se você coçar as minhas”, da troca, barganha e competição. Parece um jeito muito diferente de viver e parece muito radical para o mundo, mas que na verdade é natural, e milagres mostram que tudo é fornecido sem a necessidade do controle pessoal ou esforço pessoal. Tudo acontece sem esforços, e isto é sossego divino.

http://www.global-miracles.net/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: