"A Casa Sobre A Rocha" (Mt5:24).

“O Amor é a Lei de Deus. Viveis para que aprendais a amar. Amais para que aprendais a viver. Nenhuma outra lição é exigida do homem.” (O Livro De Mirdad)

PODER X SUPERSTIÇÃO

Posted by José Eduardo Glaeser em 08/01/2011

Dárcio Dezolt

O conhecimento de que somos seres espirituais, e não materiais, nos deixa imunes às crenças supersticiosas do mundo visível. Temos revelado que nos foi dado “todo o poder, no céu e na terra”, poder divino, espiritual, harmonioso, amoroso, onipresente e oniativo. Quando agimos conscientes de que somos espirituais, em unidade com o Todo Perfeito, agimos conscientes da Divina Ordem que impera em todo o Universo da Realidade.
O desconhecimento da própria natureza espiritual, divina e perfeita faz com que as pessoas se percam em infindáveis crenças supersticiosas ilusórias. Andam com talismãs, cristais ou amuletos de todo tipo, consultam médiuns, cartomantes, astrólogos, numerólogos, etc. Que obtêm de tudo isso? Mais envolvimento com a ilusão! Mais envolvimento com “este mundo”. E muitos ainda creem ser isto um “autoconhecimento”!
Só existe um Autoconhecimento: a percepção tida por Buda, Cristo, Paulo e todos os iluminados: “Eu e o Pai somos um”. Este Autoconhecimento é PODER! O Poder que é AMOR! O AMOR que desconhece MEDO!
Toda procura por “ocultismo supersticioso” mostra que a pessoa está insegura, temerosa ou infeliz. Quem está FELIZ nem se lembra de nada disso! Está vivendo seu precioso AGORA, louvando a Deus, consciente de sua UNIDADE com Ele; e, sua vida vai-se desdobrando harmoniosa e suavemente.
A mente humana é uma ilusão! Se dissermos para alguém que, dentro de uma semana, algo de bom ou de mau lhe irá acontecer, e ele der crédito, o fato humano será gerado por sua crença, e não pela suposta “premonição”. O homem é Expressão de Deus! Dotado do Poder infinito de ser perfeição! Esta Verdade está aqui mesmo, não no mundo visível, mas na Realidade divina transcendental. Assim, se alguém quiser se libertar de todas as superstições falsas ou vazias, bastará orar conforme Cristo nos ensinou:
1. Entrando em seu santuário secreto (Consciência);
2. Percebendo estar sendo visto por Deus (trocando a mente humana pela de Cristo);
3. Aguardando a recompensa interna (a revelação da Unidade Pai-Filho).
Estes três passos o deixarão consciente de que “a natureza do Pai é a natureza do Filho”, e vice-versa.
Todas as “verdades” deste mundo são meras crenças temporais e mutáveis! A Verdade divina é imutável! É a Onipotência, Onipresença, Onisciência e Oniação de Deus! Ao reconhecermos que somos espirituais, em Unidade eterna e imutável com Deus, estaremos deixando de lado todas as superstições deste mundo, deixando de dar a elas realidade e poder, e, ao mesmo tempo, estaremos sendo Luz! Luz que, brilhando “do alto de nosso alqueire”, estará atraindo aqueles que a Ela estiverem receptivos para também a acharem neles próprios!
O mesmo é válido para o que é conhecido como “feitiçaria”, “trabalhos feitos” etc. Nada disso é poder! A Luz que somos é Poder Onipotente e Onipresente! Num de seus livros, Joseph Murphy fala de um amigo a quem fora visitar. Encontrou-o numa cama, reclamando que estava ficando sem movimentos por causa de uma maldição. Como havia terminado o relacionamento com uma mulher supostamente conhecedora de “feitiçaria”, recebeu dela a ameaça de que iria ficar entrevado e pior a cada dia que passasse. Ouvindo aquilo, Murphy pediu a ele o endereço da moça e disse-lhe que iria falar com ela e solicitar o fim daquela prática maligna. Quando voltou, disse-lhe que a moça havia concordado em parar com tudo aquilo, e, a partir de então, o homem passou a melhorar a olhos vistos. Detalhe: ele nem chegara a falar realmente com a tal “feiticeira”!
O único “feiticeiro” que age contra nós chama-se “ignorância espiritual”. Quando todos despertarem para a Verdade de que “o reino não é deste mundo”, de que todas as superstições, ou poderes além de Deus, são “nada”, estas crenças desaparecerão! São ilusão!
Não podemos “servir a dois senhores”. Ou somos seres “à imagem e semelhança de Deus”, ou somos mortais com amuletos ou cristais no pescoço, consultando videntes, contando letras de nomes humanos, carregando “mapas astrais” e sujeitos a pensamentos negativos de qualquer um.
Deus é Tudo! Deus é o Único Poder! Que cada um “semeie para si a justiça”, como lemos em Oséas 10:12.

http://busca-espiritual.blogspot.com/2010/03/poder-vs-supersticao.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: