"A Casa Sobre A Rocha" (Mt5:24).

“O Amor é a Lei de Deus. Viveis para que aprendais a amar. Amais para que aprendais a viver. Nenhuma outra lição é exigida do homem.” (O Livro De Mirdad)

O LAR

Posted by José Eduardo Glaeser em 20/01/2011

O LAR (“A Lua Nova”, Poema 1)

Andava eu lentamente pelo caminho que cruza os campos,
Quando, como um ávaro,
O sol do entardecer guardava o último destelho de seu ouro.
A luz se fundia cada vez mais à uma sombra mais profunda,
E a terra, despojada de suas colheitas,
Jazia silenciosa e desolada.
De repente, uma voz aguda se elevou no ar.
A voz de uma criança que, invisível,
Atravessou a densa escuridao,
Traçando na calma do ocaso o surco de sua cançao.
Seu lar estava no povoado, ao final da planície seca;
Detrás dos canaverais,
Escondido entre a sombra das bananeiras e ameixeiras,
Dos coqueiros e das verde-escuras árvores de pao.
Detive um momento minha solitária viagem à luz das estrelas.
Contemplei à minha volta o chao escurecido,
Que abrigava entre seus braços inumeráveis lares
Onde junto às camas e berços ardem as lâmpadas vespertinas.
Onde velam os coraçoes das maes.
Onde as jóvens vidas, transbordam uma confiante alegria
Que ignora seu próprio valor na totalidade do mundo.

(Rabindranath Tagore)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: