"A Casa Sobre A Rocha" (Mt5:24).

“O Amor é a Lei de Deus. Viveis para que aprendais a amar. Amais para que aprendais a viver. Nenhuma outra lição é exigida do homem.” (O Livro De Mirdad)

“IDOLATRIA? ESCRAVIDÃO?” (J.Nivaldo Alvarez)

Posted by José Eduardo Glaeser em 02/02/2012

By J.Nivaldo Alvarez

Idólatras não são somente as pessoas que se ajoelham diante de um ídolo de barro ou de madeira. Maiores idólatras são aqueles que se prendem a determinados cultos, esquecendo-se de que acima de tudo está o seu CRIADOR.
Não procuram essas pessoas saber qual a vontade do CRIADOR para segui-la, e sim, seguem as suas próprias vontades. Estas em primeiro lugar, depois, se sobrar tempo, irão pensar no CRIADOR, porém ainda de forma muito superficial e da maneira que melhor lhes for conveniente.
Assim agem as criaturas nos dias de hoje: “primeiro a minha vontade, depois…”.
Desrespeitam dessa maneira o Primeiro Mandamento, pois a vontade do CRIADOR deve imperar em tudo nas nossas vidas: em nossos atos, nossos pensamentos, nossa maneira de agir, no convívio com a família, no trabalho, em nossas relações de amizade, em tudo enfim.
Entretanto, quantas pessoas conhecemos que dizem não terem tempo para pensar em “religião” (já que no entender deles se trata de “assunto” tão sério que demandaria longo tempo para uma meditação profunda) mas que para coisas bem fúteis e sem necessidade dedicam grande parcela de seu tempo, talvez a maior parte mesmo. Por que? Porque colocam tudo aquilo acima do CRIADOR, tornam-se escravos. Colocam acima do verdadeiro DEUS, um deus seu, e a ele prestam o seu culto, esquecendo-se de que isto os posiciona contra o Primeiro Mandamento.
Esse fato se observa em quase todos os costumes das criaturas humanas: o que deve prevalecer para elas é o que melhor lhes convém (materialmente é claro!). Os Dez Mandamentos são apenas decorados, e isso mesmo como que obedecendo a uma imposição da “sua religião”, ou então, para não parecer tão ignorante perante a sociedade. Desconhecem que os Mandamentos são ensinamentos para que os seres humanos possam atravessar a sua existência terrena, ter a sua evolução e alcançar a maturidade espiritual. Entretanto esses seres humanos têm sua livre decisão e impulsionam com a sua vontade as engrenagens da Criação, cujas Leis, perfeitas e infalíveis, virão julgar seus atos.
O ser humano deve procurar o conhecimento completo das Leis da Criação, mediante o que poderá reencontrar o caminho para a ascensão espiritual, em plena convicção e livre das peias que o prendem à matéria, escravizando-o.
Encontrado o caminho só lhe resta dar o primeiro passo.

(SRC: LIBRARY)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: