"A Casa Sobre A Rocha" (Mt5:24).

“O Amor é a Lei de Deus. Viveis para que aprendais a amar. Amais para que aprendais a viver. Nenhuma outra lição é exigida do homem.” (O Livro De Mirdad)

UMA ORAÇÃO

Posted by José Eduardo Glaeser em 12/05/2012

UMA ORAÇÃO

POR ANDRÉ SENA

Agradece ao receber gratidão. Liberta-te de toda a ingratidão para com todo aquele que torna pleno o teu Ser. E deste Ser ninguém é excluído. Agradece por todos os incontáveis canais que estendem esse Ser. Tudo o que fazes é dado a Ele. Tudo o que pensas só pode ser os Seus Pensamentos, compartilhando com Ele os santos Pensamentos de Deus. Recebe agora a gratidão que negaste a ti mesmo quando esqueceste a função que Deus te deu. Mas jamais penses que Ele tenha em algum momento cessado de te agradecer.
(UCEM – LE – Lição 197)

Venho diante de Ti, meu Pai, para saber agradecer. Não sei se ainda sei rezar, aprendi em outras formas, me detive em muitos meios que julgava vantajosos. Não sei como dizer do quanto Te quero, que quero mais que tudo, pois Tu és tudo. Percebo-me com medo por esses dias, Pai, dias ruins, mas não valorizo o medo. Quero sentir o medo adequadamente, e, por meio disso, quero dizer que aceito sentir medo somente até quando eu puder distinguir bem, e que seja para breve esse tempo e este perceber da minha mente dividida. Assim, empenho-me para fazer a escolha certa sem me esteirar em ilusões, para alcançar a Tua glória em ser a mim mesmo, para que eu possa ser-me grato por liberar a mim mesmo, e assim possa eu ser finalmente grato aos meus irmãos e liberá-los. Não posso te pedir coisa alguma, isto já percebi, pois seria o mesmo que puir o pedir. Neste mundo da matéria, o que peço são os meios que transmitam paz ao mesmo mundo, para o retorno de todos, meu Pai, para que não haja mais a guerra entre meus irmãos, nem entre mim e meus irmãos. Estou cansado, meu Pai, mas sei que é assim por minha tão pouca visão, meu empenho distraído, minha paz escalavrada pela dor que é mentira e enleio em suas formas de fazer com que os outros tenham de mim piedade. Pai, que eu tenha de mim mesmo piedade, que eu saiba ancorar apenas o anseio necessário ao entendimento certo; que eu possa, livre de emoção, olhar para o mal e saber fazer a escolha por Ti. Assim, peço-Te a intervenção, que me julgues pronto quando acreditares sê-lo, e me despertes Pai, em teu Reino, e que faças de mim um meio através do qual permaneça aqui em corpo ajudando ao Teu propósito. E assim, peço-Te que no dia em que eu puser os pés do lado real da vida, para cá eu não volte mais. Assim eu peço, espero tê-lo feito em minha mente certa, e agradeço por Tu teres estendido a este mundo a alegria, assim como agradeço a mim mesmo por percebê-la. Que seja assim com todos os meus irmãos, meu Pai, que, como eu, não sabem o que fazem — ainda. Amém.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: