"A Casa Sobre A Rocha" (Mt5:24).

“O Amor é a Lei de Deus. Viveis para que aprendais a amar. Amais para que aprendais a viver. Nenhuma outra lição é exigida do homem.” (O Livro De Mirdad)

Transmissões da Estrela-Semente – Do Cristianismo Primitivo à Apostasia

Posted by José Eduardo Glaeser em 06/10/2017

“Após a Ascensão do Cristo, seus seguidores organizaram seus ensinamentos e a história de sua vida em um livro. Esse livro foi escrito durante um período da história em que os seres humanos não tinham nenhuma ciência, nenhum conceito de evolução, nenhuma teoria hologramátíca, e só compreendiam os fatos mais rudimentares da existência neste terceiro planeta da estrela denominada Sol. Não obstante, mostrou ser uma bomba viva para os governos do mundo que estavam no poder no momento de sua liberação. Satã sabia que ele teria de dispensar ao livro sua total atenção se não quisesse ser completamente destruído. Sabia que, se as pessoas começassem a agir com base na informação que ele continha, sua influência teria fim. Formulou então um plano engenhoso para usar o próprio poder dessa informação para impedir que fosse aplicado.
Organizou uma vasta estrutura burocrática em tomo dos ensinamentos singelos de Jesus. Mobilizou milhares de intérpretes “oficiais” num sacerdócio elitista, e enviou-os às multidões, para enfadá-las, confundi-las e nelas criar preconceitos contra a mensagem do Cristo. Ele não se importava que adorassem superficialmente o Cristo, contanto que continuassem a adorar de fato as posses materiais. Não se incomodava se alguém desse ouvidos aos ensinamentos de Jesus, contanto que não os pusesse em pratica.
A principal manobra para distrair os seres humanos e afastá-los da mensagem do Cristo era enfatizar o mensageiro e a mecânica da mensagem, desconsiderando a substância daquilo que era ensinado. A chamada para assumir a responsabilidade pessoal e implementar os ensinamentos de Cristo na vida cotidiana ficou perdida na adoração do crucifixo e, mais tarde, na adoração das escrituras. A mensagem de Jesus, para se desembaraçar da influência da matéria e se permear com o Espírito Santo, ficou enterrada sob uma massa de palavreado religioso e de interpretação dogmática. O farisaísmo era encorajado em nome do Senhor e muitos morreram defendendo interpretações que nada tinham que ver com as verdades singelas de Jesus.
É fácil para os fariseus de hoje sentirem orgulhosa superioridade quando se menciona a Inquisição e as Cruzadas, mas só os nomes e os lugares mudaram. Em todo lugar que meus olhos alcançam, e em todos os lugares que meus ouvidos atingem, aqueles que alegam seguir os caminhos que ensinei estão fazendo alarde da sua superioridade religiosa diante dos que falam com palavras diferentes, tal como uma mulher que exibe uma vestimenta de modelagem exclusiva. Não há nada mais triste do que observar esse comportamento entre aqueles que alegam viver pela minha verdade.
Será que dois mil anos não ensinaram à sua raça o absurdo do argumento conceptual? Todas as línguas para as quais os meus ensinamentos foram traduzidos refletem, tão-somente, mais uma variação do sentido original. Mesmo no contexto de uma única língua, há aqueles que vêem significados diferentes numa mesma frase. Aqueles que extrapolam com a mente racional, e não com o amor no coração, encontrarão sentidos tão numerosos e tão variados quanto os grãos de areia do mar. Você não aprendeu ainda que não são as palavras que contam, mas a vida do espírito que está nelas?
Se você cortar do coração o amor que tem por outra pessoa por causa de diferenças conceptuais, eu o tirarei da minha vida, como o jardineiro poda um galho que não tem mais serventia. O desenho de cada folha não é o mesmo. Cada galho que sai do tronco não sai do mesmo lugar, nem da mesma forma. Vocês são todos irmãos e irmãs em consciência. Não se dividam por causa da maneira pela qual você gosta de pensar. O que está acontecendo está muito além das suas idéias infantis. No final, somente aqueles que abandonarem suas preferências conceptuais poderão compreender a verdade do amor encarnado.”
(Ken Carey – Transmissões Da Estrela-Semente)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: