MANDALA DA ABUNDÂNCIA DIVINA OU PROSPERIDADE (MÁRIAN – MARTA MAGALHÃES)

Ser próspero, na verdade, é ser feliz e abençoado. É estar conectado com a Abundância Divina recebendo todas as graças que Deus Pai e Mãe nos oferecem e das quais somos merecedores.
Quem pratica o Amor é próspero…
Aquele que é humilde e grato também…
A prosperidade financeira não é símbolo de felicidade, pois a matéria é efêmera e ilusória…
Se a pessoa não está conectada à Abundância Divina, mesmo que ela tenha tudo o que o dinheiro pode comprar, ela se sentirá vazia e insatisfeita… e estará sempre tentando preencher essa vacuidade com “coisas” e mais “coisas”…
O único bem que nos preenche verdadeiramente é o AMOR… o AMOR e seus desdobramentos como a COMPAIXÃO e a FRATERNIDADE…
Acreditem, se estivermos conectados à Abundância Divina, tudo aquilo que necessitamos para a nossa evolução nos será oferecido, inclusive o nosso sustento material…

Namastê,

Márian

Nos encontre no Facebook http://www.facebook.com/pages/M%C3%A1rian-Soluz/382241055124193

por Márian – Marta Magalhães – marian.luar@ig.com.br
Márian é Terapeuta Holística e Artista Plástica. Recebe orientações de Seres de Luz que visam o aperfeiçoamento do Ser Humano através do exercício do Silêncio, do resgate dos Princípios da LUZ e da vivificação do AMOR. Encontros de Meditação e Vivências. Mandalas Pessoais. (31) 8738-2064
Lido 833 vezes, 17 votos positivos e 0 votos negativos.
E-mail: marian.luar@ig.com.br
Visite o Site do autor

MEDITAÇÃO

Nenhum idioma humano é capaz de descrever a alegria que aguarda ser descoberta no silêncio atrás dos portais da sua mente. Mas você deve convencer a si próprio; deve meditar e criar esse ambiente.
(Paramahansa Yogananda, nas Lições da SRF)

VIA BLOG DESPERTANDO NA LUZ

DES-FAZER…

A Salvação (=Despertar) não está tanto no FAZER, mas no DES-FAZER.

O INFERNO É O ENDURECIMENTO DE UMA PESSOA NO MAL

“O inferno é o endurecimento de uma pessoa no mal. É portanto um estado do homem e não um lugar para o qual o pecador é lançado onde há fogo, diabinhos com enormes garfos a assar os condenados sobre grelhas. Tais imagens são de mau gosto e de morbidez religiosa. Inferno é um estado do homem, que se identificou com sua situação egoísta, que se petrificou em sua decisão de só pensar em si e em suas coisas e não nos outros e em Deus. É alguém que disse um não tão decisivo que não quer e não pode mais dizer um sim.”
(Leonardo Boff)

Via Abrigo Dos Sábios

(FÉ)+(AMOR)=??||(FÉ)-(AMOR)=??

[FÉ] + [AMOR] = [-LICIDADE] = [FELICIDADE]

[FÉ] [AMOR] = [MAGIA] = [MACUMBA] = [MACCUMBA] = [BARGANHA]

Caminha!

“Acossado pela sede, percorri vales e estepes em busca de uma fonte. Inutil! Pensei: não há água, minha vida vai acabar. Na mesma hora, levantaram-se da terra mil vozes para gritar-me em coro: Caminhante, se há sede, tem de haver uma fonte.
Caminha!”

[Inácio Larrañaga,
“Mostra-me o teu rosto” (“para intimidade com Deus”)]

A consequência do início da Maior Batalha reflete-se, antes de tudo, sobre o coração da humanidade. A afirmação do coração é necessária especialmente agora; do contrário, o coração inconsciente não será capaz de suportar o vendaval da confusão dos elementos . . . .

“A consequência do início da Maior Batalha reflete-se, antes de tudo, sobre o coração da humanidade. A afirmação do coração é necessária especialmente agora; do contrário, o coração inconsciente não será capaz de suportar o vendaval da confusão dos elementos. Portanto, pensai no coração como no princípio central, o qual nos une com os mundos distantes. Os acontecimentos grandes não oprimem tanto o coração como a sequência das pequenas poeirinhas do cotidiano. É muito necessário que se lembre bem disto, pois os grandes acontecimentos podem até dar um influxo especial de energia psíquica. Entretanto, o Armagedon não consiste só de grandes acontecimentos: ao contrário, nele as multidões de pequenas ações são valorizadas, e a esta chuvarada de pequenas correntes é necessário acostumar o pobre coração. Eu digo pobre pois, em essência, ele já conhece as Grandes Esferas Ardentes, mas, por ora, deve destroçar-se sobre as rochas da Terra.”
(Mestre Morya)

A ATITUDE LIVRE

“A atitude livre é aquela de quem não se perturba com nada nem está preso a nada; nem condicionou a sua felicidade a uma situação dada, nem se preocupa consigo mesmo, antes está mergulhado totalmente na amorosíssima vontade de Deus e se despojou de si mesmo.”

(Meister Eckhart ‘Do Livro da Divina Consolação’)

ONDE O ESPÍRITO VIVE SEM MEDO E A FRONTE SE MANTÉM ERGUIDA; ONDE O SABER É LIVRE…

“Onde o espírito vive sem medo
e a fronte se mantém erguida;
onde o saber é livre;
onde o mundo não foi dividido em pedaços
por estreitas paredes domésticas;
onde as palavras brotam do fundo da verdade;
onde o esforço incansável
estende os braços para a perfeição;
onde a fonte clara da razão
não perdeu o veio
no triste deserto de areia do hábito rotineiro;
onde o espírito é levado á Tua presença
em pensamento e ação sempre crescentes;
dentro desse céu de liberdade, ó meu Pai,
deixa que se erga a minha pátria.”
(Rabindranath Tagore)

VIA OMAR KHAYYÁM ☆ Rubáiyát

A mente pura vê as coisas como elas são…

“A mente pura vê as coisas como elas são – bolhas na consciência. Essas bolhas estão aparecendo, desaparecendo, e reaparecendo – sem ter uma existência real. Nenhuma causa em particular lhes pode ser apontada, já que cada uma é causada por todas e afeta a todas.” (Nisargadatta)

Via Advaita

O amor é a rainha das virtudes. Como as pérolas….

“O amor é a rainha das virtudes. Como as pérolas se ligam por um fio, assim as virtudes, pelo amor. Fogem as pérolas quando se rompe o fio. Assim também as virtudes se desfazem afastando-se o amor”.

Via Blog Coração Místico