A mente pura vê as coisas como elas são…

“A mente pura vê as coisas como elas são – bolhas na consciência. Essas bolhas estão aparecendo, desaparecendo, e reaparecendo – sem ter uma existência real. Nenhuma causa em particular lhes pode ser apontada, já que cada uma é causada por todas e afeta a todas.” (Nisargadatta)

Via Advaita

NÃO NUTRIR IDÉIAS

Nutrir ideias como “eu sou um pecador” ou “eu não sou pecador”, é pecado. Identificar-se com o particular é todo o pecado que há. O impessoal é real; o pessoal surge e desaparece. “Eu sou” é o Ser impessoal. “Eu sou isso” é a pessoa. A pessoa é relativa, enquanto que o puro Ser é fundamental.
(Sri. Nisargadatta Maharaj)

http://advaita.com.br/nisargadatta-maharaj/ensinamentos/

SEJA QUEM VOCÊ É!

Esses são todos sinais de um crescimento inevitável. Não tenha medo, não resista, não atrase. Seja o que você é. Não há nada a temer. Confie e tente. Experimente honestamente. Dê uma chance ao seu verdadeiro Ser para que ele molde a sua vida. Você não se arrependerá.
(Sri. Nisargadatta Maharaj)

http://advaita.com.br/nisargadatta-maharaj/ensinamentos/